Um passeio rápido por Manaus e Belém

Continuar lendo “Um passeio rápido por Manaus e Belém”

Anúncios

Portugal- destino imperdível para brasileiros

Por Daniela Rodrigues

Terra de nossos colonizadores, Portugal é repleta de pontos históricos e turísticos que atraem milhares de viajantes brasileiros todos os anos. A proximidade do idioma, os preços mais baixos em relação a outros países da Europa, a proximidade entre as cidades turísticas, a facilidade de transporte e as vistas paradisíacas são ótimos motivos para conhecer este país que possui laços estreitos com o Brasil.

IMG_4563
Praça do Comércio- Lisboa

Lisboa- A cidade é repleta de pontos históricos e culturais, vistas de tirar o fôlego, castelos, museus. Não deixe de conhecer a Praça do Comércio, o Elevador da Santa Justa, o Castelo de São Jorge, Convento do Carmo, Parque das Nações, Panteão Nacional.

O Castelo de São Jorge é considerado o local de fundação da cidade, foi a residência real até 1511. Ele integra a zona nobre da antiga cidade medieval, foi construído em meados do século XI.

No Panteão Nacional estão enterradas pessoas ilustres de altos cargos públicos ou que prestaram serviços militares, pessoas que se destacaram na cultura, literatura, artes e ciência. Está instalado no prédio da Igreja de Santa Engrácia.

O elevador da Santa Justa foi construído para subir as colinas da cidade. Hoje é um mirante que leva às ruínas do  Convento do Carmo, com arquitetura gótica, que abriga o Museu Arqueológico do Carmo.

Praça do Comércio- situada junto ao Rio Tejo, hoje é sede de ministérios e outros departamentos do Governo. Nela está o Arco Triunfal da Rua Augusta, que também tem um imponente mirante. Esta praça antiga assistiu a muitos acontecimentos históricos como o fim da União Ibérica em 1640, o terremoto de 1755, a proclamação da república, entre outros.

Sé catedral de Lisboa- construída na segunda metade do século XII, é um dos templos mais importantes da cidade. É uma mistura dos estilos romântico, barroco e gótico e passou por sucessivas reconstruções .

Parque das Nações– Ao longo do Rio Tejo, tem espaços verdes, obras de arte urbana em um belo projeto arquitetônico. Vale a pena visitar o oceanário e fazer o passeio de bondinho.

Miradouro da Senhora do Monte- deste mirante, é possível ter uma visão bem ampla de Lisboa. O castelo de São Jorge, o Rio Tejo, o Cristo Redentor e o Parque Florestal de Monsanto podem ser visualizados.

Cristo Rei (Almada-área metropolitana Lisboa)-oferece uma ótima vista da ponte 25 de abril, que é réplica da ponte de São Francisco, de Lisboa e de Almada. É uma das construções mais altas de Portugal, com 110 metros de altura.

Belém- O bairro de Belém, localizado a cerca de 6 km de Lisboa, também é um passeio imperdível, pois é o local de onde Pedro Álvares Cabral partiu em busca de um novo caminho para as índias e chegou ao Brasil. Podemos visitar pontos históricos como o Mosteiro dos Jerônimos, Padrão dos Descobrimentos, Museu dos coches e a Torre de Belém, de onde saíam as expedições. No mosteiro de São  Jerônimo estão os túmulos de Alexandre Herculano, Fernando Pessoa, Luiz Vaz de Camões e Vasco da Gama. É o local para experimentar os famosos pastéis de Belém.

IMG_5018
Museu dos Coches- Belém

Algarve- Em Faro, capital do distrito, você pode visitar a cidade velha- centros histórico e comercial, o Museu Municipal de Faro, a Rua do Castelo. Na praia de Faro, a água é mais fria que a de Lagos, que também tem vistas incríveis. O passeio de barco em Lagos para ver as principais praias e grutas é imperdível. As rochas de areias com formatos incríveis, os raios de sol que atravessam aberturas nas grutas e são refletidos nas águas esverdeadas irão render fotos incríveis.

IMG_4381
Passeio para conhecer as grutas em Algarve

Sintra-Localizada na região metropolitana de Lisboa, os principais pontos turísticos são: Castelo dos Mouros– Este castelo todo feito em pedra foi um marco da ocupação árabe na região. Duas escadarias levam às torres de vigia, ponto de contemplação de uma vista incrível com penedos, penhascos até o Oceano Atlântico.

O Palácio da Pena, no topo da Serra de Sintra foi um mosteiro transformado em palácio em meados do século 19. Os ambientes internos são riquíssimos em mobília, possuem diversas coleções reais de porcelanas, pinturas e outras obras de arte. Você pode visitar os dois castelos com um único ticket de 20 euros.

IMG_4732
Palácio da Pena- Sintra

Quinta da Regaleira–  Um palacete grandioso do início do 20, com muitos jardins, grutas, várias torres antigas,  túneis subterrâneos e poços. Do alto das torres, é possível visualizar o Castelo dos Mouros e o Palácio da Pena.

Cabo da Roca-Penhasco de 140 metros, é o ponto mais ocidental da Europa, com uma bela vista.

Parque e Palácio de Monserrate– Possui um dos mais belos jardins botânicos. Mistura arquiteturas góticas, indianas, mouristas,motivos exóticos.

IMG_4836
Poço da iniciação- Quinta da Regaleira (Sintra)

Porto- A cidade que deu origem a um dos vinhos mais conhecidos do mundo possui diversos edifícios históricos como a Sé do Porto, a Torre dos Clérigos e Igreja de São Francisco. É interessante fazer o passeio de barco pelo rio Douro. Também há um passeio de bondinho sobre o rio. Na torre dos Clérigos, há um mirante para contemplar a cidade do Porto. É um passeio obrigatório conhecer as caves do Porto, onde ficam armazenados os vinhos.

 

Deslocamentos- De Lisboa a Algarve são mais ou menos 4 horas de trem até a capital, Faro. O custo varia de 25 a 30 euros e o trem te leva ao centro dos  pontos turísticos. O trajeto pode ser feito de avião, mas não compensa considerando que você deve chegar antes ao aeroporto. Em Faro, você pode pegar um ônibus por 2, 20 euros para chegar às praias. Para ir de Faro a Lagos, é só pegar um comboio por 13 euros que vale para 2 dias em Algarve. Em Lagos, a marina fica do lado da estação de trem. O comboio é um dos principais meios de deslocamentos em Portugal, por exemplo, entre Lisboa- Faro, Lisboa- Porto, entre outros. Fique atento aos últimos horários que saem os comboios . De Lisboa para Porto a viagem custa em torno de 25-30 euros e 21 euros de Lisboa para Sintra. Você pode ir de Almada a Lisboa de barco pela empresa Transtejo por menos de 2 euros, dá para ir de comboio também. O tour de Lisboa a Belém pode ser feito de Tuk Tuk e o custo dos dois passeios é de 80 euros. Você também pode pegar o yellow bus por 13 euros, que vale por dois dias. A vantagem em relação ao tuk tuk é que você pode descer e conhecer com calma, depois é dó esperar o ônibus novamente.Em Sintra, você pode pegar o tuk tuk ou carro com guia por 100 euros para conhecer os castelos e ir até a costa. Uma opção mais barata seriam os  bondes. Para ir a Porto, são 3 horas de trem a partir de Lisboa, compre a passagem para a estação São Bento, troca de trem em porto Campanã. Da praça, saem vários ônibus turísticos.

Propriedades próximas à Campo Grande investem em turismo rural

A atividade representa importante fonte de renda para os proprietários e boa opção de lazer para os campograndenses

Por Erika Rodrigues e Gisllane Leite

cabans potanl6
A pousada rural Cabanas do Pontal oferece diversas atividades para atrair turistas

Campo Grande sempre foi um local de passagem para interessados em ecoturismo e turismo rural no Pantanal e em Bonito. Nos últimos anos, várias propriedades rurais próximas à capital abriram suas portas para os visitantes, que procuram opções de lazer para fugir do estresse: Pontal das Águas, Cabanas do Pontal, Fazenda Piana, Paraíso Tropical, Estancia Jóia, Toca do Ouriço, Estância Alegria, entre outras. O turismo rural passou a ser uma importante fonte de renda para estes proprietários, que oferecem diversas opções de lazer como trilhas, pesque e pague, arvorismo, boia cross, oficinas, ordenha e educação ambiental.

Localizada a 7 km da capital, a Fazenda Pontal das Águas é uma das mais visitadas. Há 14 anos foram iniciadas as atividades de turismo rural com o sistema day use. As pessoas usufruem das atrações durante o dia, com opções de lazer como farm tour, piscina, ordenha de vacas, cachoeira, pesca esportiva,oficinas de culinária e artesanato, passeios a cavalo e boia cross, além de degustar alimentos típicos do campo que são produzidos na propriedade e servidos no café da manha, almoço e lanche da tarde. A fazenda oferece no mês de julho colônia de férias para as crianças com diversas atividades ao ar livre.

A Turismóloga e proprietária da fazenda Margareth Regina Vieira de Mello, ressalta que 80% dos frequentadores são de Campo Grande, por ser uma atração voltada para toda a família e uma opção de lazer rural, próxima à cidade. “Alguns clientes já são cativos, sempre retornam e fazem propaganda boca a boca da nossa fazenda para seus amigos. Nos finais de semana a demanda é ainda maior”. A alta temporada começa no mês de agosto e se estende até fevereiro, afirma a proprietária.

Margareth comenta que comercializa alguns produtos como doces, queijos, hortifrutis e artesanatos regionais aumentando assim a lucratividade do negócio. Ela almeja produzir em alta escala para fornecer e vender na cidade também. Acredita que seu maior patrimônio sejam os funcionários, já que a maioria deles são parentes e bem comprometidos com a visão da empresa. “O turismo rural aproxima a pessoas da natureza e nós aqui da Pontal acreditamos que respeitando os limites do meio ambiente essa atividade tem tudo para despontar ainda mais no nosso Estado”.

Imag010
Fazenda Pontal das Águas foi uma das pioneiras em turismo rural próxima à capital

O professor Clayson Xavier conhece algumas propriedades que oferecem turismo próximas a Campo Grande. Ele diz que “são ótimas opções de lazer na cidade, com comida muita boa e atividades para crianças. O único ponto negativo é quando não limitam a quantidade de visitantes, pois pode ficar muito cheio.”

A administradora Alessandra Mendonça diz que gosta de visitar estas propriedades. “Quando fui a uma destas fazendas paguei o valor do day use com alimentação.Não achei caro em vista do que é oferecido.Se pudesse, iria a cada duas semanas, mas acredito que a infraestrutura precisa melhorar um pouco”.

A Estância Jóia era destinada à produção de hortifrutis como couve, repolho, alface. Em 2012, o proprietário iniciou as atividades turísticas, oferecendo pesque e pague, minizoo, redário, piscina, parque infantil, quadra de areia. Além disso, o local é adaptado para pessoas com dificuldades de locomoção.

O proprietário da Estancia Joia é presidente da Associação de Turismo Rural de Campo Grande, que possui 11 associados. ” A ideia de abrir a propriedade para o turismo surgiu com o tempo, já tínhamos a propriedade, os conhecidos faziam a visitação e pensamos em oferecer o serviço para os turistas. Produzimos frutas e legumes, então são duas empresas, duas atividades na mesma propriedade, a produção de hortifrutis e o turismo. A atividade gera uma fonte de renda importante.” É um importante complemento à renda, mas a única propriedade que é totalmente autosustentável com o turismo é a pontal das águas, diz ele.”Oferecemos o day use mediante agendamento, com almoço ou com 3 refeições, se tiver mais de 10 pessoas. A visitação pode ocorrer em qualquer dia da semana, nos fim de semanas e feriados a procura é maior.”

A Estância fez parte do projeto “Café Rural”, desenvolvido pelo Sebrae/MS (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Mato Grosso do Sul). O projeto teve o objetivo de desenvolver roteiros gastronômicos e culturais próximos à cidade com objetivo de oferecer opções de lazer e turismo.

DSC06716
Fazenda Piana recebe muitos visitantes aos finais de semana

A gastronomia é um dos principais atrativos para quem deseja passar um dia de campo nestas propriedades. Na Pontal das Águas e na fazenda Toca do ouriço, são três refeições com itens produzidos na fazenda: café da manhã, almoço e lanche da tarde. A Estância Alegria possui foco na alimentação saudável com pratos da culinária regional, preparados em fogão a lenha, com atendimento especializado para pessoas que tem intolerância à lactose, ao glúten, diabéticos e vegetarianos.

Turismo Rural em MS

Conhecido por sua biodiversidade, Mato Grosso do Sul tem no turismo ecológico uma importante fonte de renda, especialmente na região do Pantanal e em Bonito. Somente em Corumbá, a atividade movimentou R$ 316 milhões em 2014, que corresponde a 8,4% do PIB do município. Em Bonito, o turismo gera uma renda anual média de R$ 200 milhões para o município.

Estas regiões tem em comum o ecoturismo, que é o segundo mais procurado pelos viajantes, perdendo apenas para a praia. Em Bonito, Jardim e Bodoquena, destaca-se a Serra da Bodoquena; na região do Vale do Aporé, destaca-se Chapadão do Sul; na rota Norte, a cidade de Coxim destaca-se com seus rios para pesca e contemplação de animais; em Aquidauana, Miranda e Corumbá, destacam-se as fazendas de pecuária e a natureza exuberante do Pantanal.

Com o crescimento do interesse pelo turismo ecológico e sustentável, Mato Grosso do Sul desponta com enorme potencial de geração de renda complementar às atividades tradicionais do campo. A população local também é beneficiada com geração de empregos e novas opções de lazer e contato com a natureza.

PUNTA CANA

DSC04822Um dos meus sonhos era conhecer o Caribe. Fomos para Punta Cana utilizando um programa de pontos e decidimos  dividir o tempo (12 dias) em dois hotéis localizados em duas praias diferentes. Confesso que minhas expectativas eram muito altas e foi uma surpresa pra mim ver que outros lugares que fui aqui no Brasil me impressionaram muito mais. Nós gostamos de viajar e conhecer vários lugares e não foi possível fazer muitos passeios por causa da alta do dólar (4,10).

Se você quer ir para um lugar para descansar, Punta Cana é o lugar, mas não espere algo surpreendente ou um lugar inesquecível. Punta Cana tem sim as águas claras do Caribe, um verde azulado e quanto mais fundo, mais azul, mas a paisagem não muda muito. As praias de Bávaro são mais bonitas que as de Cabeza de Toro, mas o que faz diferença mesmo é o hotel que você vai ficar.

Se você pode pagar os hotéis mais caros provavelmente o atendimento é vip. Ficamos em hotéis com diária média de 600 a 700,00 e as opções de bebida são cerveja Presidente (local), que parece um pouco aguada para nosso paladar, Vinho (bom até) e coquetéis feitos com suco de fruta artificial (esses deixam muito a desejar).

Ficamos primeiro em um hotel em Cabeza de Toro chamado Nature park. O atendimento na recepção é bem deficiente, mas a comida é maravilhosa em todos os restaurantes, com destaque para o de Pescados e o La cana. A academia é suficiente e bem cuidada, tem 4 esteiras, uma bicicleta e um elíptico, colchonetes e alguns aparelhos de musculação. Sempre passa alguém para repor as toalhinhas e arrumar o ambiente. A equipe de animação de crianças é muito boa. Além do mini-disco as 20:00 as meninas fazem a supervisão das crianças no mini-clube enquanto você toma um banho de mar ou vai correr na praia. Elas são bastante cuidadosas e atenciosas com as crianças e é realizado um “cadastro” de cada um, com nome e telefone dos pais. A animação dos adultos é bem profissional e você encontra no balcão de toalhas uma lista com os horários de cada atividade (bem organizado). A praia tinha muitas algas, mas caminhando um pouco achamos uma região melhor para banho. A área comum é maravilhosa com uma área para jogos, bares aconchegantes e banheiros bem cuidados. Passa um riozinho pelo hotel que tem patos, pavões, flamingos, tartarugas, peixes. As crianças adoram!

DSC04589DSC04642

O segundo hotel (Vista Sol Punta Cana) pecou muito na organização e deixou muito a desejar. Apesar da praia mais bonita, o atendimento é ruim. O único restaurante que valeu a pena foi o Gourmet (Francês). O restaurante principal tem certa variedade, mas a comida não é saborosa e todo dia é o mesmo cardápio. A academia é ruim, tem poucos aparelhos, não tem esteira, nem bicicleta e o elíptico estava estragado, mas tem mini-golfe (um pouco abandonado). O mini-clube é bem “largado”. As crianças ficam brincando sem supervisão, não há cadastro e é cada um por si. Não tive coragem de deixar minha filha de 4 anos um só minuto lá. A equipe de animação dos adultos também é boa, mas não havia nenhuma informação sobre os horários de atividades. Ponto positivo para as várias piscinas, mas deveriam ter mais guarda-sóis disponíveis. E para finalizar a diária se encerrava 12:00 e nosso voo era as 21:00. No outro hotel haviam banheiros com chuveiros para banho na recepção (vários e em um ambiente limpo e agradável). Nesse hotel, nos deram uma chave de um quarto para tomarmos banho (Até aí tudo bem). Quando chegamos lá, o quarto tinha sido usado, as toalhas estavam molhadas, a banheira cheia de cabelos e antes que pudéssemos terminar nosso banho, outro casal bateu a porta para usar o quarto. Atendimento do hotel péssimo, uma falta de organização imensa.

Os passeios ficam muito caros, porque são em dólar. Para nadar com golfinhos, por exemplo o preço é de 99 a 135 dólares. Fomos ao parque Manati que tem apresentações de cavalos, golfinhos e pássaros. Pagamos 35 dólares por pessoa e valeu a pena. A apresentação de cavalos, para nós que somos do Mato Grosso do Sul, foi fraca, mas a apresentação dos pássaros, dos golfinhos e dos leões marinhos foram ótimas. Destaque para a foto que tiramos com Iguanas e com o Leão marinho.

Bom, no frigir dos ovos é uma boa experiência e quem gosta de ir descansar, é só ficar em um bom hotel e sairá satisfeito, mas comparando com o Brasil, temos lugares mais animados (por exemplo Porto Seguro) e praias mais bonitas (poderia citar a Praia dos Carneiros, as praias de Porto de Galinha, Maragogi, Praia do Espelho, dentre outras), mas você jamais vai ficar em um resort “all inclusive” aqui no nosso país por essa diária, então faça como nós, vá conhecer…..

Continuar lendo “PUNTA CANA”

Florianópolis em família

foto reduzida
Praia de Daniela- ótima para crianças

Florianópolis é um destino fantástico para ir com crianças. São tantas praias e belezas naturais que é difícil conhecer tudo em apenas uma visita. A capital de Santa Catarina está localizada na região Sul do país e atrai milhares de turistas todos os anos em busca de suas belas praias, além dos fortes traços da cultura açoriana observados na arquitetura, folclore, tradições culinárias e religiosas.

Nesta viagem, fomos com 5 crianças, então ficamos na praia de Daniela, que tem águas mais mornas e calmas. Além de tudo, o lugar é bem tranquilo, mesmo em janeiro, na alta temporada.

Como já tinha conhecido as principais praias da ilha em outra viagem, nesta privilegiamos os passeios para agradar a criançada. Fomos ao Beto Carreiro em Penha e na Água Show Park, em Ingleses. Também conhecemos o projeto Tamar, em Barra da Lagoa. O mirante da lagoa da Conceição também é imperdível para tirar uma fotos.

Principais praias:

Praia dos Ingleses/ Canasvieiras- localizadas no norte da ilha, são praias bastante movimentadas na alta temporada de Floripa, que vai da metade de dezembro até o Carnaval. São praias com águas mais calmas e bastante infraestrutura. Canasvieiras é bastante procurada por argentinos, uruguaios e paraguaios. Ingleses é uma praia de grande extensão, que combina de um lado, mar mais calmo e do outro lado, ondas boas para a prática de surf.

Em Ingleses, há um parque aquático, o Agua Show Park, que só fica aberto no verão e tem diversas atrações como tobogãs, diversas piscinas, área infantil, entre outras.

Praia de Daniela: Também no norte da ilha, fica em uma baía, por isso tem poucas ondas, formando uma grande piscina natural de águas mornas procurada por famílias com crianças. Em Daniela, é possível ficar longe da badalação mesmo em alta temporada.

Jurerê e Jurerê Internacional-Jurerê é uma das praias mais procuradas na alta temporada, também com um mar mais calmo e agua morna. Divide-se em Jurere Tradicional e Jurere Internacional. Jurerê Internacional é conhecida como a Miami brasileira, pois é um bairro de grandes mansões, carros importados, muito frequentada por jovens ricos, onde rola muitas festas com musica eletronica na alta temporada.

Praia Brava- Praia muito bonita, que como o nome já diz, bastante procurada por surfistas, pois tem fortes ondas. Casas de veraneios, alguns hotéis e casas luxuosas para alugar. Tranquila fora de temporada.

Praia da Joaquina-Praia de águas geladas, grandes ondas, muito procurada por surfistas. É uma praia muito bonita, pois é rodeada por dunas. O nascer do sol é singular nesta praia.

Praias da Armação e do Matadeiro- Jutamente com Campeche e pantano do sul, formam o complexo pesqueiro da ilha. As areias são claras e a água é limpida e fria. Em campeche, saem os passeios de barco e escuna para paradisiaca a Ilha do Campeche, com sitios arqueologicos, trilhas e mergulho com peixes.

Praia Barra da Lagoa- Praia com 8 km de extensão, com morros ao redor. Do lado da Barra, as aguas salobras do canal da barra encontram as águas salgadas do mar. Possui dunas fixas e moveis de baixa altitude. É lá que fica o Projeto Tamar, em Santa Catarina, importante para a conservação de tartarugas marinhas.

Lagoa da Conceição- A maior lagoa de Florianopolis, ideal para a prática de esportes náuticos. Águas mornas durante o verão e pouca profundidade atrai famílias com crianças.O mirante da Lagoa da Conceição é um local de contemplação da paisagem paradisiaca da região.

Outras atrações próximas a Floripa-

Beto Carrero World,, localizado em Penha, a 114 km de Florianópolis, é o maior parque temático da América Latina, com um parque de diversões com atrações para todas as idades, shows, zoológico, restaurantes, áreas temáticas. Um passeio imperdível para quem vai com crianças.

P1010744edited
Beto Carrero World diverte crianças e adultos

Brusque e Blumenal-Localizadas na região conhecida como Vale Europeu, estas cidades tem fortes caracteristicas da colonização europeia, especialmente a alemã. Blumenau é um importante polo têxtil, de porcelnas e cristais. Brusque é conhecida como a Cidade dos Tecidos, por isso estas duas cidades são polos do turismo de compras no estado.

Hospedagem- Em Florianópolis, há diversas opções de hospedagem, desde hostels a R$ 60,00 ate resorts com diárias de mais de R$ 1.000,00.

Uma interessante opção para grupos grandes é o aluguel de casas, que pode sair mais em conta que os hotéis.

Os encantos de Buenos Aires

DSC00356
Casa Rosada ou Casa do Governo

Por Daniela Rodrigues

 Conhecida como “berço do tango”, Buenos Aires é um dos destinos internacionais mais visitados pelos brasileiros tanto por ser um dos mais baratos como pelas atrações que oferece aos visitantes. Também é uma cidade que pode ser conhecida em um passeio mais rápido, em um feriado, por sua proximidade com nosso país e pela semelhança com nosso idioma, pois lá se fala espanhol.

Há vôos diretos que partem de diversas cidades brasileiras, que chegam no Aeroparque, que fica na cidade e no Aeroporto Internacional de Ezeiza,  a menos de uma hora do centro da cidade.

Quanto à locomoção, você pode explorar a cidade fazendo caminhadas, pode fazer passeios de taxi, de Subte (metrô) ou pode contratar um city tour ou um transfer com guias turísticos.

Buenos Aires é um destino ideal para uma viagem romântica por causa do clima mais ameno. Em junho e julho são os meses mais frios, e janeiro e fevereiro são meses de clima mais quente.  Nós fomos no final de Agosto e pegamos ainda um pouco de frio, mas não muito intenso. Aproveitei para fazer umas comprinhas de roupas de inverno que saíram com preço bem bacana (mas na época o dólar não estava tão alto).

Na cidade há diversas opções de acomodações, tanto no centro, que facilita os deslocamentos, como em bairros, variando de acordo com o padrão desejado. Nós ficamos no Hotel Savoy, localizado no centro, perto de tudo. Bom atendimento, ótimas instalações, confortável, espaçoso, colchão de qualidade. Adorei e recomendo!

A cidade é ótima para compras de roupas de inverno, alfajores, vinhos, roupas de couro

Como em qualquer lugar, é sempre bom tomar algumas precauções de segurança para evitar assaltos e estragar o passeio…

Principais atrações:

  • Casa rosada- É a sede da Presidência da República.Recebe este nome pela cor de sua fachada. Tem visitas guiadas gratuitas, que inclui os principais setores  como Salão de Patriotas Latinoamericanos,  Salão das Mulheres Argentinas, Pátio das Palmeiras, Varanda para a Plaza de Mayo
  • Livraria Ateneo- Uma das mais belas e imponentes, tendo sido escolhida pelo jornal The Guardian como a segunda  mais bonita do mundo. Você pode se sentar para ler um livro ou visitar o bar ou café.
  • Cemitério da Recoleta – Como o nome já diz, é um local muito procurado com várias obras de arte e com o túmulo de Eva Peron.

  • Café tortoni- cefé portenho, muito visitado por turistas. No início do século XX, o Tortoni foi o local escolhido por muitos artistas: pintores, escritores, intelectuais, poetas e boêmios.

  • Museu Nacional de  Belas Artes- para quem aprecia obras de arte, com mais de 12 mil peças em sua coleção
  • Estadio Boca Juniors e estadio do River Plate – para quem gosta de futebol…

  • Rua Florida- é a rua mais famosa da cidade; onde não passam carros. Você pode fazer compras, pois tem muitas lojas de roupas, sapatos e artesanatos

  • Teatro Colon- Patrimônio Nacional, principal casa de ópera da Argentina e  um dos teatros líricos mais importantes do mundo. Inauguração em  1908, fica próximo ao Obelisco.

     

  • Jardim Botânico – É um passeio também gratuito e muito agradável.

  • Bosques de Palermo – é uma das áreas de lazer mais populares localizado no bairro de Palermo. É a maior área verde, tem 25 ha,composta por vários parques localizados entre as avenidas Casares e Avenida Del Libertador

DSC00361
Congresso Nacional

 

City-tour- Existem várias empresas que oferecem esse serviço, você pode pegar indicação no próprio hotel, como nós fizemos. No primeiro dia fizemos este passeio, que durou cerca de 3 horas, e nos levou para conhecer vários pontos turísticos, como San Telmo, La Boca, Puerto Madero, Teatro Colon, o Obelisco, a Avenida de Mayo, o Congresso, Plaza de Mayo, Retiro, Palermo e Recoleta, com suas respectivas atrações.

Recomendaria este passeio no primeiro dia, e nos próximos dias escolher entre as atrações que o City-tour não contempla, de acordo com o gosto do turista.

Para os finais de semana…

Sábado e domingo são os únicos dias que você pode visitar a Casa do Governo. (Casa Rosada).

Aos domingos acontece a Feira de Antiguidades de San Telmo em Plaza Dorrego.

Sábados e domingos, em Recoleta, funciona o maior artesanato da cidade. (Feira da Recoleta).

Os museus estão abertos durante o fim de semana. (A maioria dos museus estão fechados às segundas-feiras).

Shows de Tango…

Existem várias casas e restaurantes com shows de tango na cidade. Entre as melhores estão a “Esquina Carlos Guerdel”, “Café de Los Angelitos”, “Esquina Homero Manzi”, “Café Tortoni”, “El Viéjo Almacén”, “Señor Tango”e “Madero Tango”. Nós fomos na Esquina Carlos Guerdel, e apreciamos muito o show, porém, dividimos mesas com outras pessoas (sendo que tivemos que sentar em lados opostos da mesa do lado de vários desconhecidos), o que nos tirou um pouco o conforto e fez perder um pouso o requinte da ocasião…

Complexo Atlantis- atrações para todas as idades em Bahamas

Foto:Daniela Rodrigues
Complexo Atlantis

Por Daniela Rodrigues

Para muitos turistas,  as Bahamas são sinônimo do Atlantis, o gigante resort que recria a lenda de Atlântida, a cidade perdida. O Complexo Hoteleiro conta com 11 piscinas, praias privadas, academia, quadra de tenis, parede de escalada, campo de golfe, spa, e um enorme parque aquático, e um shopping. Os hospedes do The Reef e do The Cove têm acesso as “Cascades Pool”, e os do The Cove têm ainda acesso a uma piscina privativa para maiores de idade, onde tem programação musical com DJ e cabanas privativas.

O Parque Aquático (AQUAVENTURE), possui uma réplica do templo maia, onde há 2 tobogãs que passam por dentro do enorme aquário dos tubarões, um rio turbulento para passeio com bóia (delicioso!!!), entre outros.

Foto: Daniela Rodrigues
Tobogã Atlantis

Outras Atividades (com custo adicional e que exigem reserva antecipada com o concierge do hotel):

Sea Squirts – é um programa para as crianças que mostra como funciona a vida marinha no Atlantis. Além de poder conhecer o hospital dos animais aquaticos, elas podem alimentar pequenos tubarões e arraias.

Ultimate trainer for a Day – você pode passar um dia como treinador do parque, e conhecer os bastidores do treinamento, além de alimentar golfinhos, arraias e leões marinhos.

Shallow Water Interaction e Deep Water Swim – Está entre as principais atrações do Atlantis. Você pode interagir com golfinhos e leões marinhos. Dá para interagir no raso (shallow water interaction) ou nadar com eles, em águas mais fundas (deep water swim).
Blue adventures: atividades extras que incluem bicicleta aquática, pedalinho, caiaque, stand up paddle, snorkel, aulas de mergulho para adulto se crianças e o mergulho no tanque dos tubarões.

Foto : Daniela Rodrigues
Mergulho com tubarões

As praias em frente ao resort têm águas mais agitadas e suas áreas de segurança são bem demarcadas. O atendimento dos quiosques se expande para as cadeiras das praias e, todo dia logo cedo, os funcionários do hotel varrem as algas das areias. 

Beach e Paradise Beach são os melhores para quem quer descansar ouvindo o barulho do mar.

Restaurantes, bares e lanchonetes

O Atlantis conta com 21 restaurantes e 19 bares e lounges que vão desde refeições mais práticas até chefs americanos grifados, como o nipo-japonês Nobu e o carnívoro MEAT do chef Bobby Flay. Todos os restaurantes à la carte requerem reserva, seja para o almoço ou jantar. Além disso, o jantar é servido cedo, por volta das 17h30 / 18h.

Os pratos são generosos e seguem o gosto da maioria dos hospedes, os norte-americanos. Nomes conhecidos como Carmine’s, Ben & Jerry’s e Starbucks também estão presentes no resort. Todas as refeições são tarifadas, desde o café da manhã até os snacks no bar da piscina. O café da manhã, servido no restaurante Moisac do The Cove, custa 35 dólares por pessoa. Para os restaurantes mais finos, considere cerca de 100 dólares por pessoa para um jantar completo.

Você também pode optar por um sistema de dinning plan que segue os moldes do mesmo programa da Disney. São oferecidos três tipos de planos de refeição (ValueAtlantis e Reef and Cove) com menus e valores determinados. Nesses planos estão inclusos o café da manhã e jantar, mas a gorjeta não entra na conta. Crianças de até 6 anos não pagam pelo plano de refeições e entre 7 e 11 têm direito a um preço promocional na compra do pacote dos pais. É importante solicitar o dinning plan sua chegada, pois não é possível efetuar essa compra ao chegar no hotel.

Atendimento

Uma coisa que me chamou muito a atenção durante os 8 dias de estadia, foi a cordialidade dos funcionários, todos, desde a recepção até os funcionários dos bares e piscinas e, especialmente, os funcionários do café da manhão do Royal Tower, onde ficamos. Nos recebiam com sorrisos, cantando e dançando, sempre demonstrando alegria e espontaneidade. Bastante procurado por quem viaja com crianças, o público é majoritariamente americano, com alguns britânicos e franceses.

Foto: Daniela Rodrigues
Recepção Royal Tower